Fobias

Nos começos do blogue tive um primeiro contacto com as codornizes que não correu lá muito bem. Não foi que levantassem vôo ou me atirasse ao chão a chorar, mas ainda estava a atravessar aquela fase da repulsa a algumas matérias primas e esta era uma delas! Bem tentei marinar as "coitadas", mas nem assim acabaram os seus dias no tacho. Era mais forte do que eu! A receita continuava a martelar na minha cabeça e parecia ser que a única forma de encontrar alivio era enfrentar os medos.  Armei-me de coragem e...

"Codornizes com Vinho Tinto"

Nível de dificuldade

Fácil

Tempo de elaboração:

15 min + 45 min

 

4 pessoas

 

Ingredientes:

8 codornizes

1 cebola média

2 cenouras

180g de presunto picado

500ml de vinho tinto

500ml de caldo de galinha

2 folhas de louro

1 raminho de alecrim

Azeite

Sal

Pimenta

 

Preparação:

Parta as codornizes ao meio e coloque-as num recipiente. Junte a cebola picada, o louro, o raminho de alecrim e as cenouras cortadas às rodelas. Tempere com sal e pimenta, e cubra com o vinho. Tape e guarde no frigorífico para marinar entre doze a vinte e quatro horas. Cubra o fundo de um tacho com azeite, adicione o presunto picado e as codornizes, dando-lhes a volta de vez em quando até ficarem douradas. Junte o liquido da marinada e o caldo de galinha, tape e deixe cozer cerca de trinta minutos. Sirva ¡acompanhado com arroz de manteiga.

Nota: Para obter um molho mais espesso triture não esquecendo de retirar antes  o louro e o alecrim.